Esta informação foi dada hoje pelo secretário-geral do Comité Olímpico Angolano, Mário Rosa, em entrevista à Angop, em Londres, para fazer o balanço da reunião magna realizada na “Casa de África” criada na capital britânica a propósito dos Jogos Olímpicos, na qual participou outra angolana, Teresa Quarta, na qualidade de vice-presidente da ACNOA.

O encontro, previsto para 02h00, mas que gastou nove horas, tratou igualmente da alteração dos estatutos da organização e da alteração do número de vice presidências.

Segundo a fonte, a realização deste evento pluridesportivo, que reúne a família desportiva mundial, propiciou o encontro que concluiu uma abordagem iniciada na reunião de Moscovo há meses.

Assim, o português junta-se ao árabe e as duas línguas oficiais (inglês e francês) da ACNOA. Ler o artigo completo.

 

 

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar