6 March 2021
Lúcia Vaz Pedro

ACENTUAÇÃO ATUAL III – o que mudou?

Tendo em conta as Bases IX e X do Novo Acordo Ortográfico que regulam a nova ortografia no que diz respeito à acentuação, o acento agudo é facultativo na 1ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo dos verbos regulares da 1ª conjugação: Hoje, cozinhamos um prato de peixe. / Ontem, cozinhámos um prato de carne.

É igualmente facultativo o acento circunflexo na 1ª pessoa do plural do presente do conjuntivo do verbo dar. Vejamos os seguintes exemplos: Ontem, demos uma ajuda ao teu pai (1ª pessoa do plural do pretérito perfeito do indicativo do verbo dar). Oxalá lha dêmos /demos no próximo ano também (1ª pessoa do plural do plural do presente do conjuntivo do verbo dar).

Todas as palavras paroxítonas ou graves com o ditongo ‘oi’ na sílaba tónica perdem o acento gráfico. Exemplos: azoia, boia, estroina, heroico, introito, jiboia, paranoico, tiroide. Estas palavras seguem o exemplo de comboio, boina, dezoito, que já não eram acentuadas.

As formas verbais paroxítonas da 3ª pessoa do plural do presente do indicativo ou do conjuntivo (em que o e tónico está em hiato com a terminação -em) deixam também de ser acentuadas graficamente. Veja-se os seguintes exemplos: creem, deem, descreem, leem, preveem, releem, reveem, veem.

Nas palavras oxítonas (agudas) e paroxítonas (graves), as formas não são acentuadas graficamente, quando a vogal tónica é o ‘u’ pertencente ao tema.

Deste modo, é eliminado o acento na letra ‘u’ dos poucos casos de terminações verbais gue (s), que (s), gui (s) e qui (s) que o tinham, como nos casos de averigúe (averigue); obliqúe (oblique); delinqúis (delinquis). Importa ter em conta que as formas como a da 1ª pessoa do pretérito perfeito do verbo arguir, arguí, tendo como vogal tónica a letra ‘i’ e não ‘u’, como enuncia a regra, mantém o acento gráfico.

Assim, vejamos as formas do presente do indicativo do verbo delinquir (pecar, incriminar-se) que perdem o acento gráfico: delinquo, delinquis, delinqui, delinquem. O mesmo acontece com arguir (condenar, acusar, culpar) – arguo, arguis, argui, arguem- e redarguir (recriminar, contestar): redarguo, redarguis, redargui, redarguem.

Lúcia Vaz Pedro

Voltar ao Índice

Também poderá gostar

Um comentário
  • Português Atual: Crónicas de Lúcia Vaz Pedro
    10 Fevereiro 2016 at 11:09 -

    […] ★ ACENTUAÇÃO ATUAL III – o que mudou? […]