José Pinto de Azeredo (1764-1810) nasceu no Rio de Janeiro, estudou nas mais conceituadas Faculdades de Medicina do seu tempo, Edimburgo, onde foi aluno de Cullen, e Leiden, por onde se graduou em 1788. Regressa ao Rio de Janeiro, onde pratica medicina durante cerca de um ano. Nomeado Físico-Mor do Reino de Angola, vai para Luanda (1790), onde exerce medicina e funda uma Escola Médica. A sua actividade desenvolve-se simultaneamente no plano clínico e teórico, sendo os Ensaios sobre algumas enfermidades de Angola a obra que melhor combina a dupla dimensão: teórica e prática. A obra foi publicada em Lisboa pela Régia Oficina Tipográfica, em 1799, dois anos após o regresso do autor à capital do Império, donde, em virtude de doença contraída em Angola, não mais sairá.

Os Ensaios são uma obra pioneira e, de certo modo exemplar, onde erudição, observação e prática clínica se reforçam mutuamente. São quatro os ensaios que compõem a obra: sobre as febres de Angola, sobre as febres intermitentes, sobre a disenteria e sobre o tétano. A abordagem de cada um deles segue um desenvolvimento uniforme: determinação das causas, procura de remédios eficazes.

Adelino Cardoso

Observatório da Língua Portuguesa
autores Observatório da Língua Portuguesa

Partilhar