28 February 2021
Novo livro de Maria Helena Mira Mateus: “A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação” vai ser apresentada na sede do Camões, IP no próximo dia 11 de novembro, às 18:00.

“A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação”

A difusão do português no mundo e a relação entre língua e cultura são temas em foco na obra “A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação”, de Maria Helena Mira Mateus, professora catedrática jubilada da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa (FLUL), que vai ser apresentada na sede do Camões, IP no próximo dia 11 de novembro, às 18:00.

“Onde estão as marcas da nossa identificação?” – Esta é uma pergunta central ao longo do livro, que tem a chancela das Edições Colibri e é constituído por artigos consagrados ao estudo das línguas, resultados da investigação sobre questões particulares do português e sugestão de estratégias adequadas para a difusão deste idioma no mundo.

Considerando que a relação entre língua e cultura é um tema que ultrapassa as análises exclusivamente linguísticas, a autora expõe sumariamente as posições de filósofos e linguistas que se pronunciaram, em diversas épocas, sobre esta inter-relação.
Numa segunda parte, são discutidos aspetos concretos dos problemas resultantes do ensino do português como língua não materna, tendo presente que a escola atual é um lugar de diversidade multilinguística e multicultural.

Questões gramaticais que preocupam gramáticos e linguistas do século XVI até ao presente são analisadas na Parte III. A obra termina com um capítulo dedicado à teoria e aplicações da fonologia, em que é evidenciada a importância da investigação neste domínio.
Na sessão do próximo dia 11, a apresentação da obra “A Língua Portuguesa, Teoria, Aplicação e Investigação” estará a cargo de Carlos A.M. Gouveia, professor da FLUL, numa cerimónia a decorrer em Lisboa, no Salão Nobre do Palacete Seixas, que contará com a presença da presidente do Camões, IP, Ana Paula Laborinho.

Maria Helena Mira Mateus foi presidente da direção do Instituto de Linguística Teórica e Computacional (1985-2013). Fundou e presidiu à direção da Associação de Professores de Português e da Associação Portuguesa de Linguística. Foi Vice-Reitora da Universidade de Lisboa.
Linguística portuguesa (fonologia e prosódia) e política da língua são as suas principais áreas de investigação. Tem sido responsável por projetos de apoio ao ensino do português a alunos imigrantes. Como professora e investigadora realizou a edição crítica da “Vida e Feitos de Júlio César” (século XV).

É autora de diversas obras de linguística, publicadas individualmente e em colaboração, e também de inúmeros artigos divulgados por revistas nacionais e estrangeiras.

O Camões – Instituto da Cooperação e da Língua (Camões, I.P.) é um instituto público tutelado pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) que tem por missão propor e executar a política de cooperação portuguesa e a política de ensino e divulgação da língua e cultura portuguesas no estrangeiro.

Fonte: Local.PT

Também poderá gostar

Sem comentários