27 February 2021

A língua portuguesa à distância de um clique

O Observatório da Língua Portuguesa disponibilizou hoje um sítio que é uma ode à língua portuguesa. A partir de um clique, em http://observatorio-lp.sapo.pt/pt , o utilizador pode explorar um rol de conteúdos e funcionalidades sobre a língua.

A apresentação do novo site teve lugar na Fundação Cidade de Lisboa e contou com a presença do Presidente do Conselho de Administração do OLP, Eugénio Anacoreta Correia que caracterizou o projecto como o “início de um novo ciclo”. Ao olhar para o mapa da lusofonia, Anacoreta ressalvou que os países em que se fala português “são uma pequena parte de onde a língua portuguesa se pratica”.

Guilherme d’Oliveira Martins, Presidente da Mesa da Assembleia Geral, introduziu a sessão abordando, não só o valor que a língua portuguesa tem no cenário da CPLP como também a importância que uma ferramenta como estas pode ter na expansão da mesma: “A língua portuguesa tem que ser cultivada, tem que ser respeitada por todos porque sendo elo de ligação, é um factor de diálogo, e simultaneamente um facto de desenvolvimento”.

“Nós não cuidaremos da língua senão a lermos”, além de ter apelado ao civismo enquanto primazia para lidar com a língua, “é uma tarefa cívica de empenho respeitar a língua portuguesa”.

Este novo sítio foi desenvolvido pelo SAPO, em conjunto com a OLP e em termos práticos possibilita que cada cibernauta consulte informações actualizadas sobre a língua portuguesa, dissipe dúvidas de português e dá a conhecer o novo acordo ortográfico.

Além do SAPO, os principais parceiros do OLP foram a Priberam, Promethean e Ciberdúvidas. Quem recorrer a este novo endereço poderá percorrer artigos de opinião, “viajar” pela língua portuguesa e pesquisar dados estatísticos, já que o OLP também tem um acordo com o Instituto Nacional de Estatística.

Para os mais autodidactas há a possibilidade de fazer cursos de português. Cada utilizador pode sugerir novos projectos de incentivo à leitura, através do voluntariado da leitura um protocolo assinado com o Ministério da Educação.

Nos dias que correm, a língua portuguesa ganhou relevância em locais tão diferentes como a China, a Índia, o Japão, os países da América Latina ou alguns países da África francófona. Nas palavras de Guilherme d’Oliveira Martins “no século XXI, falar da cultura e da língua, falar do património cultural é falar de um elemento absolutamente fundamental na criação da riqueza, de valor.”

Eliana Silva – SAPO

16 de Novembro de 2010, 18:09

FONTE:

Também poderá gostar

Sem comentários

ARTIGOS POPULARES