Passos Coelho visita “brevemente” Timor-Leste, disse hoje em Díli o ministro-adjunto e dos Assuntos Parlamentares. Sem especificar datas, Miguel Relvas, que falava após ter sido recebido no Palácio do Governo pelo primeiro-ministro timorense Xanana Gusmão, salientou ser o quarto ministro português a visitar este ano o país e explicou estar em Díli para “manter  uma relação de grande proximidade”.
“Como disse o primeiro-ministro Xanana Gusmão, não há nada a preencher porque não há vazios, é uma relação de continuidade”, salientou o ministro português.
Para Miguel Relvas, Portugal e Timor-Leste estão próximos, não só pela ligação histórica e da língua, mas também pela “ambição de olhar em conjunto no contexto mais vasto da CPLP, dos países de língua portuguesa, mas também deste espaço do mundo” com vista ao desenvolvimento dos dois povos.
Já as diversas visitas feitas por governantes portugueses a Timor-Leste simbolizam, para Miguel Relvas, a “qualidade e a proximidade” das relações entre os dois países, mas salientou haver ainda muita coisa a fazer em conjunto. “Portugal tem tido aqui um papel importante na área da educação, da área da língua, na área da comunicação social. Há aqui uma relação de povos irmãos em que temos muito a ver uns com os outros”, disse.
Encontro com Taur Matan Ruak
Sobre o protocolo na área da comunicação social que assina hoje com o seu homólogo timorense, Hermenegildo Pereira, ministro de Estado e da Presidência do Conselho de Ministros, Miguel Relvas salientou tratar-se de abranger de forma específica as áreas tradicionais nas várias valências da comunicação – da escrita, à rádio e à televisão.
“Portugal e a agência Lusa têm também aqui um papel muito importante na cooperação, que pode ser ao nível da formação e essa formação pode ser mais vasta porque aquilo que nos une a todos é a língua e a língua é o petróleo desta relação, é o que nos dá força, é o combustível desta relação e nós temos de continuar nesse caminho”, assinalou. Ler o artigo completo.

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar