Praia, 19 nov (Lusa) – O filme “A Ilha dos Escravos”, do realizador português Francisco Manso, abre hoje o Festival Internacional de Cinema da Praia, em Cabo Verde, a segunda edição que conta ainda com mais quatro películas de realizadores portugueses.

“A Ilha dos Escravos” é um drama lançado em 2008 conjuntamente pelo Brasil, Cabo Verde, Espanha e Portugal, numa adaptação livre do romance “O Escravo”, escrito em 1856 por José Evaristo de Almeida, um português desterrado em Cabo Verde.

Trata-se de uma longa-metragem de época, passada na primeira metade do século XIX, durante uma revolta de miguelistas exilados em Cabo Verde.

Rodado no Brasil, em Cabo Verde e em Portugal, “A Ilha dos Escravos” conta com argumento de António Torrado e um elenco lusófono, do qual se destacam Diogo Infante, João Lagarto, Vítor Norte, Milton Gonçalves e Zézé Mota.

A película será exibida no cinema da Praia, mas fora de competição, enquanto outros quatro filmes portugueses foram dos 18 selecionados para a mostra competitiva, que decorre entre os dias 26 e 28 deste mês.

Portugal estará representado na competição pelos documentários “Fim de um Mundo”, de Cláudia Freire e Jorge Murteira (Paredes de Coura), “Eugénio de Andrade, lembrado pelos amigos” de Fernando Faria Paulino (Maia), “O Barbeiro Guitarrista”, de André Almeida Rodrigues (Matosinhos) e pela curta-metragem “Chegar a Casa”, de Ibrahim Kanara, pseudónimo de Santiago Macias (Mértola).

O Festival Internacional de Cinema da Praia, que se prolonga até ao dia 28, conta com uma seleção de mais de duas dezenas de filmes, na sua maioria lusófonos. Além de Cabo Verde e Portugal, há ainda participações de Alemanha, Áustria, Brasil, Estados Unidos e Moçambique.

Até o dia 26, no âmbito do festival, está prevista a exibição e amostra de filmes não competitivas no cinema da Praia, no auditório do Palácio da Cultura “Ildo Lobo” e nos diferentes bairros da capital cabo-verdiana, bem como seminários, palestras, aulas ligadas ao cinema, entre outras atividades.

O Festival de Cinema da Praia é uma organização conjunta da Câmara Municipal da Praia, Ministério da Cultura, Associação de Cinema e Audiovisual de Cabo Verde e a Txan Film & Associates.

RYPE // VM – Lusa/Fim

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar