A Organização de Estados Ibero-americanos (OEI) e a Universidade Aberta assinaram uma adenda ao protocolo, com o objetivo de promover a mobilidade académica no espaço ibero-americano.

Nesta nova fase de parceria, é desenvolvido um projeto de cooperação que permita o acesso de estudantes de universidades dos países membros da OEI à oferta formativa da Universidade Aberta. A Organização atribui 3 bolsas de estudo a estudantes da América Latina que queiram frequentar a instituição de ensino durante um semestre, inscrevendo-se no máximo em 3 unidades curriculares.

Esta adenda é desenvolvida no âmbito do protocolo criado entre a OEI e a Universidade Aberta, que pretende enquadrar relações de cooperação em vários domínios que contemplem o desenvolvimento e intercâmbio ao nível da internacionalização do ensino superior, da capacidade científica e da formação de quadros.

Fundada em 1988, a Universidade Aberta é a única instituição de ensino superior pública portuguesa vocacionada para o Ensino e Formação a Distância, utilizando “as mais avançadas metodologias e tecnologias de ensino a distância orientadas para a educação sem fronteiras geográficas nem barreiras físicas”.

Partilhar