São Tomé 02 jun (Lusa) – A capital são-tomense acolhe em setembro próximo o fórum dos exportadores dos países de língua portuguesa, anunciou hoje o presidente da União de Exportadores da CPLP, Mário Costa.

“Definimos o fórum como pontapé de saída para trazer cá investidores e potenciais parceiros, mas não queremos ficar só nos grandes projetos. Queremos também ajudar as pequenas e médias empresas, trazendo pessoas que querem ajudar a acrescentar valor em São Tomé”, disse Mário Costa no final de encontro hoje com o primeiro-ministro Patrice Trovoada.

Mário Costa, que efetua uma visita de três dias a São Tomé e Príncipe, encontrou-se hoje com o ministro da Agricultura, Teodorico Campos, e também como o titular da Economia e Cooperação Internacional, Agostinho Fernandes.

“Nós falamos de outros projetos de infraestruturas, nomeadamente portos, aeroportos, turismo e imobiliária que são sempre importantes para desenvolver o país”, disse o presidente da União dos exportadores da CPLP.

“Queremos ajudar São Tomé e Príncipe a diversificar a sua economia, que seja depender da agricultura e do turismo que são decisivos no futuro”, explicou Mário Costa, que considera o desenvolvimento de pequenas e medias empresas como fundamental.

“Queremos trazer maquinarias e ‘know how’ para que aqueles pequenos empresários também possam crescer, possam colocar os seus produtos fora de são Tomé”, acrescentou.

A ideia é colocar os produtos do arquipélago na rede mundial do comércio.

“Oferecemos hoje um laboratório para certificação de produtos agrícolas e outra na área da pesca e nós também ajudamos a formar os agricultores e certificar os produtos, e o mais importante, que é exportar esses produtos”, sublinhou.

O programa da visita inclui também reuniões com diversos parceiros e empresas locais em que se destacam a Agência de Promoção de Comércio e Investimento (APCI), BGFI Bank STP – Banco Comercial e de Investimento e a Federação Santomense de Futebol.

 

MYB // JPS

Lusa/fim

 

close
Subscreva as nossas informações
Partilhar