O chefe de Estado timorense discursava no enclave de Oecussi, onde celebrou o 12º aniversário da restauração da independência de Timor-Leste.

“Os 12 anos do nosso país têm sido marcados por realizações e êxitos”, afirmou Taur Matan Ruak, no discurso divulgado à imprensa e também lido nas comemorações ocorridas em Díli pelo presidente do parlamento timorense, Vicente Guterres.

Entre as realizações e êxitos, Taur Matan Ruak destacou o povo timorense por saber “alcançar a paz e consolidar a estabilidade social” e a consolidação das instituições do Estado, que permitiu o reforço da democracia.

“Um dos nossos maiores êxitos nos últimos anos foi a construção da rede nacional de eletricidade. A rede elétrica é a fundação essencial da construção de uma economia melhor, com capacidade para criar mais empregos em Timor-Leste”, salientou.

No discurso, o Presidente deu também destaque ao aumento do acesso rodoviário, ao maior investimento no setor da educação e progressos no setor da saúde.

“Vencemos desafios importantes desde a independência, mas os êxitos que alcançamos não estão ainda à altura da nossa ambição”, salientou o Presidente.

Segundo Taur Matan Ruak, o principal, o “sonho de uma vida mais próspera para todos num país mais forte”, ainda está por realizar e o grande desafio continua a ser a “construção do Estado”, que passa nomeadamente, pelo reforço da segurança, prestar serviços básicos de qualidade aos cidadãos e criar novas oportunidades económicas.

“O êxito da economia e o aumento do bem-estar não vão cair do céu. Não podem ser alcançados pelo Estado sozinho. O êxito do nosso desenvolvimento económico e social depende da participação dos cidadãos”, sublinhou.

Para Taur Matan Ruak, os cidadãos precisam de trabalhar para o bem comum, para melhorar a saúde e educação dos filhos.

“Temos de trabalhar e contribuir juntos para fazer um país mais forte e alcançar uma sociedade mais próspera”, disse.

As comemorações do 12º aniversário da restauração da independência de Timor-Leste dividiram-se entre Díli, com a participação do presidente do parlamento, primeiro-ministro, Xanana Gusmão, e membros do Governo, e Oecússi, onde o Presidente timorense realiza a sua visita, integrada nas deslocações mensais aos distritos.

MSE // JCS – Lusa/Fim


Fotos: Palácio da Presidência de Timor-Leste, em Díli, 14 de março de 2013. ANTONIO AMARAL / LUSA

– Cerimónia militar comemorativa do 12º Aniversário da Restauração da Independência de Timor-Leste, Díli, 20 de maio de 2014. ANTÓNIO AMARAL/LUSA

Partilhar