Ilhéu da Praia da Graciosa, ilha Graciosa, Açores, Portugal
Ilhéu da Praia da Graciosa, ilha Graciosa, Açores, Portugal

Pronúncias dos Açores, por Victor Rui Dores

Todas as pessoas, lugares, cidades, países, têm a sua língua, linguagem, a sua forma de se exprimir.
Herança, conhecimento, estudo, capricho, a comunicação enquanto forma sonora de expressão é usada por humanos e animais.
É nos humanos que é mais acentuada e conhecida, assim variando de pessoa para pessoa…
Mesmo em pequenas localidades, existem diferentes modos de cada pessoa se exprimir. Uma dessas formas denomina-se por “pronúncia” e é exactamente disso que nos vai falar o Victor Rui Dores.
Professor, escritor e actor, formado em germânicas é porventura um dos maiores poetas/escritor/cronista da actualidade dos Açores. Mas e como ele próprio se define, é sem dúvida alguma um enorme comunicador. Conhecendo os nossos saberes, usos e costumes e neste caso concreto a linguística açoriana bem como as suas diferentes formas dialectais.
Este é mais um contributo para o nosso Património cultural imaterial (ou património cultural intangível) açoriano.

.

Foto: Apanha de Chá na Fábrica de Chá Porto Formoso na Ribeira Grande, na costa norte da ilha de São Miguel, Açores, 13 de Maio de 2013. As duas únicas plantações de chá com fins industriais da Europa ficam na ilha de S. Miguel, nos Açores, com uma produção anual de cerca de 50 toneladas, são hoje também um produto turístico da ilha. EDUARDO COSTA/LUSA

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES