20-linguas-mais-faladas-copia

Portugal deve usar o ‘soft power’ da sua língua

Joseph Nye que, em entrevista ao Económico, apresenta o conceito e afirma que Portugal o deve aplicar. Sobre o seu mais recente livro, que acaba de chegar a Portugal, uma mensagem bem clara: vivemos num mundo onde, no campo do Poder, o ‘com’ deve ter mais espaço do que o ‘sobre’.

O Brasil e os países africanos de língua portuguesa, como Angola, estão a crescer. Pode Portugal tirar partido das suas relações com esses países? A “Língua” é uma ferramenta poderosa?
Portugal deve usar o ‘soft power’ da sua Língua e cultura para desenvolver relações com o Brasil e com os países africanos de língua oficial portuguesa. O Brasil teve um progresso económico e político impressionante nas últimas décadas, e Portugal deverá beneficiar das ligações históricas e linguísticas.

‘Soft power’ é uma expressão que foi cunhada por si no livro “Bound to Lead: The Changing Nature of American Power”. Qual é a mensagem?
Senti que as descrições estruturais do poder se focavam na coerção e no pagamento e ignoravam a capacidade de obter resultados preferenciais através da atração e da persuasão. O Poder tem três aspetos: militar, económico e ‘soft’ (como eu descrevo mais detalhadamente no livro “The Future of Power”) e é um erro ignorar qualquer um dos três.

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES