epa05552513 O Presidente brasileiro, Michel Temer (E), e o Ministro da Educação, Mendonça Filho (D). Brasília, Brasil, 22 de setembro de 2016.  EPA/FERNANDO BIZERRA JR
epa05552513 O Presidente brasileiro, Michel Temer (E), e o Ministro da Educação, Mendonça Filho (D). Brasília, Brasil, 22 de setembro de 2016. EPA/FERNANDO BIZERRA JR

Ministro da Educação do Brasil nos Estados Unidos para promover o ensino do português

São Paulo, Brasil, 05 abr (Lusa) – O ministro da Educação do Brasil, Mendonça Filho, viajou para os Estados Unidos numa missão oficial para ampliar as relações na área da educação e promover o ensino da língua portuguesa.

Na última terça-feira, ele visitou o Miami Dade College – segunda maior instituição de educação superior dos Estados Unidos – e a Florida International University, foi hoje anunciado.

Além de conhecer instituições de ensino universitário, Mendonça Filho reuniu-se com o governador da Flórida, Rick Scott, e com a comissária de Educação daquele Estado, Pam Stewart, para iniciar tratativas sobre um possível acordo para a difusão da língua portuguesa.

Segundo informações publicadas no site do Ministério da Educação (MEC), a comunidade brasileira naquele Estado norte-americano é estimada em cerca de 300 mil pessoas e a maioria das crianças brasileiras que moram na região não recebem educação de língua portuguesa.

Assim, o ministro aproveitou o encontro com membros do Governo norte-americano para defender que o ensino do português nos Estados Unidos.

“Muitas crianças têm a oportunidade de falar português em casa, mas precisam aperfeiçoar o português na escola. Há também a procura dos norte-americanos e da comunidade latino-americana, pelo menos no sul da Flórida”, afirmou Mendonça Filho.

O MEC informou que, nesta visita oficial, o ministro da Educação do Brasil discutiu uma proposta, ainda em fase inicial de negociação, que prevê a abertura de um programa bilíngue em escolas de ensino fundamental da Flórida.

Além disso, o Consulado-Geral do Brasil em Miami já está a trabalhar para firmar um memorando de entendimento com o Governo da Flórida, com o objetivo de facilitar a certificação de professores de língua portuguesa.

CYR // ARA – Lusa/Fim

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES