O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), posa para a foto com o cantor cabo-verdiano Tito Paris após o ter agraciado com o grau de comendador da Ordem do Mérito, 08 de abril de 2017, no Palácio de Belém em Lisboa. O Presidente da República inicia hoje uma viagem a Cabo Verde e ao Senegal JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA
O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa (D), posa para a foto com o cantor cabo-verdiano Tito Paris após o ter agraciado com o grau de comendador da Ordem do Mérito, 08 de abril de 2017, no Palácio de Belém em Lisboa. O Presidente da República inicia hoje uma viagem a Cabo Verde e ao Senegal JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Marcelo inicia “simbolicamente” visita a Cabo Verde com condecoração a Tito Paris

Lisboa, 08 abr (Lusa) – O Presidente da República afirmou hoje querer iniciar “simbolicamente” a visita de Estado a Cabo Verde com uma condecoração ainda em Lisboa ao músico cabo-verdiano Tito Paris, para sublinhar a importância da cultura.

Marcelo Rebelo de Sousa viaja para Cabo Verde dentro de poucas horas, país ao qual realiza uma visita de Estado de três dias, mas “quis que [a viagem] começasse mais cedo com esta condecoração”.

“Será a única personalidade cabo-verdiana condecorada a propósito desta visita de Estado para mostrar que mais do que a política, mais do que os negócios, mais do que que a economia, mais do que as finanças, é a cultura o que importa”, destacou o chefe de Estado português.

Tito Paris foi agraciado com o grau de comendador da Ordem do Mérito, destinada a galardoar atos ou serviços meritórios praticados no exercício de funções, públicas ou privadas, que revelem abnegação em favor da coletividade.

“Eu não sou homem de discursos, só sei cantar”, disse, ao agradecer a condecoração, acrescentando que este “é mais um sonho” concretizado na sua vida.

SMA // PJA – Lusa/Fim

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES