livro de orações indonesia

Em Larantuca reza-se, há mais de dois séculos, o terço em língua portuguesa

Ilha indonésia das Flores celebra 100 anos das “aparições” de Fátima

Larantuca, Indonésia, 11 mai (Lusa) – A diocese católica de Larantuca, na ilha indonésia das Flores, vai associar-se com uma vigília de oração às celebrações dos 100 anos das “aparições” marianas em Fátima, disse hoje o bispo local.

“Nós vivemos muito Fátima e há aqui uma grande devoção a Nossa Senhora de Fátima”, afirmou Franciscus Kopong Kung, em declarações à Lusa por telefone.

“Nós vamos celebrar os 100 anos das aparições em Fátima. Eu não irei a Portugal, mas vamos comemorar aqui numa importante ligação espiritual entre os dois países”, explicou o bispo indonésio, recordando que a ilha das Flores tem uma grande tradição católica e de cultos marianos.

“Nossa Senhora é uma presença muito forte na vida das pessoas daqui, porque também há registo de aparições há muitos séculos, ainda antes da colonização portuguesa”, salientou o prelado.

Até 1851, a ilha das Flores fazia parte do império português e foi vendida aos holandeses pelo governador de Timor sem consentimento da coroa portuguesa.

A herança portuguesa naquela zona é visível na traça colonial, mas também presença do catolicismo, com manifestações de fé muito intensa particularmente nas celebrações da Semana Santa.

Larantuca é igualmente conhecida pela tradição, com mais de dois séculos, de rezar o terço em língua portuguesa, algo que acontece todos os sábados na “Gereja Tuan Ma” ou Capela da Senhora Mãe.

Hoje, no maior país muçulmano do mundo, o número de católicos está a crescer de um modo regular, mas sem colocar em causa a relação com outras religiões, sustentou Franciscus Kopong Kung.

“Existem boas relações entre religiões de diferentes fés”, mas a “igreja católica está a crescer” porque os “cristãos são muito unidos da defesa das suas crenças” e na “divulgação da mensagem de Cristo”, considerou o bispo.

O papa Francisco participa na sexta-feira e no sábado nas celebrações dos 100 anos das “aparições” marianas na Cova da Iria, naquela que será a sua primeira visita a Portugal.

No dia 13, Francisco irá presidir às cerimónias de canonização de Francisco e Jacinta Marto, duas das três crianças que estiveram na origem do fenómeno de Fátima, em 1917.

PJA // EJ – Lusa/Fim


Fotos: Indonésias de diferentes idades e até alguns homens rezam e cantam em português, por vezes intercalado com Indonésio, com o auxílio de livros, onde o português aparece escrito na forma mais conveniente para os indonésios, substituindo, por exemplo, “nosso” por “noso”, Flores, Indonésia, 23 de fevereiro de 2014. ANDREIA NOGUEIRA/LUSA

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES