empresarios

Empresários lusófonos conhecem em Santarém empresas e potencial do Ribatejo

Santarém, 23 mai (Lusa) – Mais de 25 empresários lusófonos de 14 países participam, até quarta-feira, em Santarém, no Encontro de Negócios em Português, iniciativa da Associação Empresarial da Região de Santarém que visa aumentar a capacidade de internacionalização das empresas do distrito.

O evento, que se iniciou na segunda-feira com encontros entre empresas do Ribatejo e empresários provenientes de África do Sul, Alemanha, Angola, Brasil, Cabo Verde, Canadá, Costa do Marfim, França, Luxemburgo, Moçambique, Reino Unido, S. Tomé e Príncipe, Senegal e Suíça, inclui, ao final da tarde de hoje, uma mesa redonda em que vai ser debatido “O potencial da língua portuguesa no mundo dos negócios”.

Além da oportunidade proporcionada aos empresários de países de língua oficial portuguesa ou lusodescendentes de encontrarem na região parceiros de negócio/fornecedores em diversas áreas, ou analisarem eventuais oportunidades de investimento/entrada no capital em empresas da região, o evento serve igualmente para a apresentação pública da plataforma “Clube dos Negócios em Português”.

Em comunicado, a Nersant afirma que esta plataforma – no endereço www.clubedosnegociosemportugues.pt – permite a colocação online da oferta e/ou procura das empresas e pretende “ligar de forma rápida e eficaz quem procura a quem vende, qualquer que seja a latitude no globo”.

“Desta forma, a NERSANT facilita os contactos com empresários lusodescendentes e com as empresas de mercados ‘irmãos’”, afirma a nota.

O projeto, dinamizado ao abrigo do programa com financiamento comunitário Promotejo (que apoia as empresas nos processos de internacionalização e no aumento das exportações), inclui ainda a criação, em diversos mercados, da figura dos “Embaixadores Empresariais do Ribatejo”, cuja função será apoiar a entrada das empresas da região nos mercados em que estão instalados, identificar oportunidades de negócio e promover o potencial do distrito de Santarém e das suas empresas.

Nuno Cruz, que representa no encontro a Federação de Empresários Portugueses na Alemanha, refere a importância destes contactos na ajuda ao “desenho” da estratégia para empresas que queiram entrar ou consolidar-se no mercado alemão e que terão que “ultrapassar as barreiras” da língua e dos procedimentos.

A Nersant sublinha a aposta neste tipo de iniciativas como forma de “aumentar a competitividade, a inovação, a correta utilização das ferramentas já existentes e potenciar a língua e a diáspora portuguesa como fator diferenciador e facilitador no mundo competitivo dos negócios internacionais”.

A associação afirma que o encontro que está a decorrer em Santarém “será capaz de atrair investimento para a região, ao mesmo tempo que poderá fomentar o aumento das exportações destas pequenas e médias empresas (PME) e aumentar o seu grau de abertura ao exterior”.

Considera igualmente que a disponibilização e recolha de informação e os contactos “privilegiados” proporcionados irão facilitar o processo de internacionalização e exportação das PME da região.

MLL // MCL – Lusa/fim
A Igreja Sé de Santarém, Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Colégio dos Jesuítas, também conhecida por seminário. 7 setembro 2014 em Santarém. PAULO CUNHA/LUSA

A Igreja Sé de Santarém, Igreja de Nossa Senhora da Conceição do Colégio dos Jesuítas, também conhecida por seminário. 7 setembro 2014 em Santarém. PAULO CUNHA/LUSA

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES