Bandeira de Cabo Verde, cidade da Praia, 04 de dezembro de 2012. ANTONIO COTRIM/LUSA
Bandeira de Cabo Verde, cidade da Praia, 04 de dezembro de 2012. ANTONIO COTRIM/LUSA

Cabo Verde acolhe encontro para oportunidades de negócios entre China e países de língua portuguesa

Praia, 05 jun (Lusa) – Cabo Verde acolhe na próxima semana o Encontro de Empresários para a Cooperação Económica e Comercial entre China e os Países de Língua Portuguesa (PLP), com participação de cerca de 400 empresários à procura de oportunidades de negócios.

Com o lema “Promoção de oportunidades para uma cooperação económica entre a China e os Países da Língua Portuguesa”, o encontro será organizado pela Cabo Verde TradeInvest (CVTI) na cidade da Praia, de 16 a 18 deste mês.

Em conferência de imprensa hoje, a presidente da Cabo Verde TradeInvest, Ana Barber, indicou que o encontro contará com a presença de cerca de 400 empresários, entre eles 150 chineses, que procuram novas parcerias e oportunidades de negócios nos países que falam o português.

“Em termos económicos, o encontro representará oportunidades às empresas, ao setor privado de novas parcerias, novos mercados e de novas experiências”, perspetivou Ana Barber, realçando a importância dos investimentos para criar mais empregos e crescimento económico.

O encontro contará ainda com representantes de outros países, como Estados Unidos, Espanha, Marrocos, Senegal e Gana, informou a presidente da CVTI, que destacou a importância do incremento da relação entre os países para se ter mais parceiros.

Durante os três dias serão realizadas várias atividades na cidade da Praia, como seminários, contactos empresariais, visitas a outras ilhas além de Santiago, programa cultural, feira de produtos e vários painéis temáticos, dedicados sobretudo à pesca, indústria e serviços.

O encontro tem como coorganizadores os ministérios dos Negócios Estrangeiros e Comunidades e da Economia e Emprego de Cabo Verde, as Câmaras de Comércio e Serviços de Sotavento e de Barlavento, a Associação de Amizade Cabo Verde – China (Amicachi), a Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) e as câmaras de comércio dos países de língua portuguesa.

Conta ainda com o apoio do Conselho para Promoção do Comércio Internacional da China (CCPIT) e do Instituto de Promoção do Comércio e de Investimento de Macau – (IPIM).

O ato de abertura será no dia 16 e será presidido pelo primeiro-ministro cabo-verdiano, Ulisses Correia e Silva, enquanto o encerramento será dois dias depois e será feito pelo ministro da Economia e Emprego de Cabo Verde, José Gonçalves.

RYPE // EL – Lusa/Fim

Também poderá gostar


Sem comentários

ARTIGOS POPULARES